Ínicio / Notícias / Exposições nas Montras do edifício da Secretari...
Notícias
06 Abril 2018

Exposições nas Montras do edifício da Secretaria-Geral da Educação e Ciência durante o mês de abril

Durante o mês de abril, as montras do edifício da Secretaria-Geral da Educação e Ciência, na Avenida 5 de outubro, em Lisboa, acolhem exposições da responsabilidade da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e do Museu Nacional de Arqueologia. 

 

 

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

 

Uma Escola que Honra o Passado e Constrói o Futuro

 

 

A Faculdade de Medicina é uma instituição de ensino superior integrada na Universidade de Lisboa.

A sua origem remonta à Real Escola de Cirurgia criada em 1825 no Hospital de S. José, posteriormente designada em 1836 por Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa e, finalmente, em 1911 como Faculdade de Medicina de Lisboa, por decreto do Governo da República.

Localizada inicialmente no edifício do Campo de Sant’Ana, no qual existiam os Institutos das Ciências Básicas, incluía as Clínicas Universitárias no Hospital Escolar de Santa Marta e uma rede de instituições hospitalares e de investigação que participavam no ensino médico.

 

 

Em 1956 a Faculdade de Medicina foi transferida para o edifício do Hospital de Santa Maria, o qual foi integrado na rede hospitalar do Ministério da Saúde.

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa é uma Escola Superior que mergulha as suas raízes científicas na ação dos pioneiros da Medicina Científica em Portugal, na contribuição de Egas Moniz e de outros que fundaram a Escola Portuguesa de Angiografia e introduziram inovações terapêuticas e cirúrgicas no âmbito das doenças vasculares, período que correspondeu ao apogeu da contribuição científica da Medicina Portuguesa e constitui para todos uma fonte de inspiração.

 

A exposição apresentada na Av. 5 de outubro, em Lisboa, mostra objetos de uso médico do acervo do Museu de Medicina da FMUL, datadas do século XIX e XX, obras bibliográficas sobre a Geração de 1911 e sobre modelos anatómicos, preparações humanas, instrumentos médicos de observação, imagens médicas, entre outras. São apresentadas também as brochuras institucionais referentes ao Mestrado Integrado em Medicina e Cursos de Mestrado e Doutoramento.

 

 

 

Museu Nacional de Arqueologia

 

O Museu Nacional de Arqueologia celebra no corrente ano – Ano Europeu do Património Cultural – 125 anos da sua criação.

A sua criação remonta ao ano de 1893, por Decreto Régio, sob a designação de “Museu Etnográfico Português”, o seu fundador e primeiro diretor foi José Leite de Vasconcelos.

 

Em 1906 abriu as portas ao público, sob a designação de “Museu Etnológico “, na ala ocidental do edifício do Mosteiro dos Jerónimos, onde ainda se mantém, passando a designar-se Museu Nacional de Arqueologia e Etnologia em 1965.

 

A sua designação altera-se para Museu Nacional de Arqueologia do Dr. Leite de Vasconcelos em 1989.

 

É, pois, uma entidade incontornável no contexto dos museus nacionais e mesmo internacionais, com uma forte vocação educativa, formativa, cultural e científica, expressa quer através das suas exposições, publicações e atividades que promove.